Viajando com Bebês – O Sono do Bebê

O que levar e o que fazer para facilitar o sono do bebê na viagem? Como diminuir os problemas na hora de dormir fora de casa com bebê? Como se planejar?

Crédito:  Layland Masuda / Getty Images
Crédito: Layland Masuda / Getty Images

E como o tempo passa rápido, já estamos no 5º da série Viajando com Bebês, e as férias estão chegando. Está animada? Lembre-se que você pode ver o Guia dos demais episódios aqui. Ou receber por e-mail no final, escreva seu nome, e-mail e clique em “Enviar” aqui:

A hora de dormir pode ser um momento de dificuldade durante a viagem. Ambiente diferente, móveis diferentes, novas experiências deixam o bebê mais inquieto. Tem bebê que pode ficar muito cansado com as atividades durante o dia e dormir como uma “pedra”, mas outros podem estranhar e não conseguir dormir. Veja alguns cuidados para facilitar o sono do bebê, e assim você também dormirá tranquila.

1) A rotina

É claro que em uma viagem a rotina vai para o espaço. Mas tente manter os horários das comidas do bebê e a rotina que você costuma fazer antes de colocar o bebê para dormir, como o banho, a massagem ou a historinha. Isso ajuda para que ele saiba que mesmo não estando em casa, está chegando a hora de dormir.

2) Objetos familiares

Todo bebê tem aquele bichinho ou paninho que usa para conciliar o sono. Não se esqueça de levá-lo. Fora isso, leve outros objetos do quarto que ele esteja familiarizado, para criar um ambiente mais aconchegante e que ele reconheça um pouco. Mantenha sempre alguma luz fraca acessa, tanto para ele saber onde está e que você está ali, quanto para você levantar com segurança durante a noite se for necessário.

3) O berço

Para mim é o item mais importante para que o bebê e os pais durmam tranquilos. Se vai para um hotel, além de pedir o berço você deve perguntar como é o berço e se existem alternativas.

Como já comentei no post sobre engatinhar, meu filho é um pouquinho “estabanado” e se vira muitíssimo para dormir. Acaba batendo a cabeça, então eu prefiro os berços de viagem, “chiqueirinho”, que não tem partes duras e não tem como o bebê se machucar. As vezes que o hotel só tinha berço de madeira e nós não conseguíamos dormir de preocupação.

Se couber no carro você pode levar o seu berço de viagem, se o hotel não tiver um que te agrade. Se você vai para a casa de amigos, peça para o amigo emprestar de alguém. Sempre tem gente disposta a ajudar.

Não coloque o bebê para dormir com vocês. Se ele for pequeno, vocês podem se virar e machucá-lo, e se ele for grande ele pode se mexer ou levantar, e cair. Não é seguro.

4) Seja flexível

Não dá para “forçar” o bebê a dormir sozinho, no berço, só porque em casa ele consegue. Agora ele está em um lugar que ele não conhece. Estamos viajando porque queremos e devemos assumir que algumas coisas sairão do lugar. Ele não escolheu ir. Se ele está irritado e não consegue dormir, balance ele no carrinho, ou amamente, não tenha medo de “acostumar mal”.

5) Dormir durante a viagem

Como falei no episódio sobre a viagem de carro, com o movimento do carro eles geralmente dormem bem. Mas você pode planejar o horário de saída para coincidir com a soneca diária dele.

E seu bebê? Teve dificuldade na hora de dormir fora de casa?

Já Curtiu Seu Pediatra? Compartilhe com uma Amiga:

Bons Sonhos,

Fernanda

Não perca as novidades!