Viajando com Bebês – Escolhendo Hotéis e Restaurantes

Como escolher o Hotel e os Restaurantes na hora de viajar com bebê?  O que você precisa saber? Qual o melhor lugar? Que cuidados tomar na hora de comer?

hoteiserestaurantebebe

Já estamos chegando quase no fim série, e hoje é a hora de falar sobre os Hotéis e Restaurantes da viagem com o bebê.

Quer receber a 1ª Temporada da Série Completa – Viajando com Bebês por e-mail para poder imprimir e levar nas viagens? Escreva seu nome, e-mail e clique em “Enviar” aqui:

Na hora de viajar com bebê, tudo o que for possível deve ser pensado e planejado antes. Se você ficar em Hotel, deve pensar em algumas coisas. E também precisa tem alguns cuidados com os Restaurantes da viagem.

1) Escolhendo Hotéis:

O mais importante é óbvio: na hora de escolher um Hotel certifique-se que ele aceita crianças. Pois é, os hotéis tem o direito de estabelecer um limite mínimo de idade. Algumas pessoas que não tem filhos não querem se misturar com a gente, e nossa “Turma do Barulho”. Mas tudo bem, preferimos os lugares que gostam da gente.

Não se esqueça de colocar a idade do bebê na reserva, a tarifa pode mudar segundo o hotel, mas a maioria não cobra até os 2 anos.

Também já falei sobre o berço e o melhor tipo de berço para você solicitar ao hotel. Clique aqui se você perdeu o episódio sobre o “Sono do Bebê”. É o principal para você conseguir dormir tranquila à noite. E relaxar também na soneca durante o dia.

Escolha a melhor localização. O hotel deve perto das principais atividades que você tem planejada. Assim você pode “passar em casa” a qualquer hora, para dar um banho, ou deixar ele tirar um soneca. Adaptar melhor os horários facilita a viagem e criança sente menos.

Área de Lazer: Se a viagem é mais para curtir o hotel, verifique os serviços que eles oferecem para crianças e a idade. Muitos hotéis tem áreas com cuidadores para crianças, mas a maioria é só para os maiorzinhos, 4 anos ou assim. Se o seu ainda é bebê não vale a pena pagar mais caro por um hotel em que você não irá aproveitar esses serviços. Alguns oferecem babás para tomar conta do bebê e você poder sair para jantar ou ir à algum evento. Mas, geralmente, a tarifa é à parte.

Alimentação: Já falei várias vezes que seu bebê ainda está só no peito, sua vida é muito mais fácil. Se ele já come você pode levar as papinhas industrializadas que ele já está habituado. Se tiver chance de ter um microondas no quarto irá te ajudar. Pergunte para o hotel. É importante prestar atenção como você irá esterilizar as mamadeiras se seu bebê não mama no peito. Não esqueça da escova para lavar a mamadeira e levar o detergente também é bom.

Alguns hotéis grandes oferecem no restaurante ou em um lugar especial um cardápio de papinha. Se você confia na higiene do local, e seu filho não tem alergias, será um conforto. Se você não confia tanto assim no local ou ele tem alergia à qualquer coisa, melhor levar tudo da sua casa mesmo.

 2) Restaurantes: 

Igual que os hotéis, escolha um que goste de você. Restaurantes preparados para receber famílias, assim você se sentirá mais à vontade se o bebê chora. Existirão outros bebês e ninguém ficar te olhando como se você fosse um E.T.

Faça RESERVA. Ninguém merece ficar em fila de espera para entrar em um restaurante, muito menos um bebê. Programa-se com antecedência e telefone para o restaurante. Se você já conhece o local peça uma mesa mais tranquila, ou de fácil acesso para você passar com o carrinho, e sair se for uma URGÊNCIA. Às vezes eles te colocam em um cantinho e o restaurante inteiro tem que levantar para você levar o bebê para trocar.

Se tiver fraldário, facilita sua vida. Ter um espaço preparado te ajuda a arrumar o bebê para a próxima atividade. Se já hora do jantar, aproveite e troque a roupinha dele antes de sair, assim se ele dormir no carro estará pronto para ir pro berço.

Adapte os seus horários ao dele, e não o contrário. Se você conseguir almoçar e jantar junto com ele, melhor. Se ele já senta e já come papinha, pergunte se tem cadeirão. Em geral eles se comportam melhor quando estão sentados juntos com os pais à mesa. E se eles estiverem comendo já ficam distraídos. Mas os bebês que dão trabalho na hora da comida e não gostam de comer, é melhor dar o almoço deles antes de entrar no restaurante. Eu gosto de parar em uma praça ou parque, é agradável para o bebê comer ao ar livre.

A comida certa. Leve a papinha dele. Se ele já é maiorzinho e você quer dar alguma coisa do restaurante, não tem problema desde que você deixe na consistência que ele está acostumado. Amasse bem se for preciso. Evite pedaços mais duros, tipo carne se ele não está acostumado. E pense sempre na higiene do local com comida, e escolha alimentos frescos e bem cozidos. Para evitar riscos de intoxicação alimentar.

E você? Tem alguma dica para as outras mães? Compartilhe no Facebook.

Já Curtiu Seu Pediatra? Compartilhe com uma Amiga:

 Tenha uma boa estadia,

Tenha uma boa Estadia,
Fernanda

Não perca as novidades!