Sapinho ou monilíase oral?

O que é monilíase oral? Como se pega o sapinho? Veja como prevenir, quais são os sintomas que o bebê apresenta e como tratar o sapinho.

Crédito: Getty Images
Crédito: Getty Images

O sapinho, que provoca placas brancas na boca, principalmente em recém-nascidos, é causado pelo fungo (Candida Albicans) da candidíase. Além das placas brancas em qualquer local da boca, inclusive nos lábios, o sapinho dói e causa incômodo, que pode ser notado no bebe por irritabilidade, choro, dificuldade para mamar.

Como é branquinho, às vezes a mãe pensa que é o próprio leite que ficou parado ali. Mas as placas não saem com facilidade e quando saem você nota que o local fica avermelhado.

Como se pega o sapinho?

Esse fungo está presente em todo mundo, faz parte da flora humana oral, mas só causa a infecção quando existe um desequilíbrio de nossa flora normal, e uma baixa do sistema de defesa. Os bebês têm mais risco de ter monilíase oral porque o sistema imunológico ainda não está maduro.

O desequilíbrio dessa flora pode acontecer por uso de antibióticos, pela mãe ou pelo bebê, e também por um desequilíbrio hormonal.

Dá pra evitar a monilíase oral?

Uma das principais maneiras de evitar o sapinho é realizar a higiene adequada da boca do bebê. Se você perdeu, clique aqui e veja as dicas da Dra. Camila Araujo, odontopediatra, para ver como deve ser feita a higiene.

Fazer a limpeza do seio também é importante. Pode usar só água mesmo. Seque bem e deixe tomar um pouco de ar antes de se vestir. O fungo gosta de lugares úmidos.

Além disso lavar bem e esterilizar chupetas e mamadeiras, principalmente nos primeiros 6 meses, se o bebê faz uso desses itens. Lembrando que o melhor é não usá-los, para tentar estimular ao máximo o aleitamento materno.

Sem esquecer que o aleitamento materno é a melhor maneira de prevenir todos os tipos de infecção, e deve ser exclusivo até os 6 meses, ou seja, se você dá o peito não precisa dar mais nada, nem água.

Como é o tratamento do sapinho?

Infelizmente, se o sapinho já se instalou, não vai adiantar só fazer a higiene. Se você notou as plaquinhas brancas no seu bebê ou está na duvida procure seu pediatra, que ele vai receitar uma solução de antifúngico específica para usar na boca do bebê.

É importante tratar para que a infecção não se espalhe, e o bebê não comece a perder peso porque ele não conseguirá mamar direito se estiver com a infecção. Isso pode acabar prejudicando a amamentação, com a mãe achando que o bebê não quer pegar o peito. A infecção também pode afetar o seio da mãe causando desconforto para amamentar, coceira, vermelhidão.

Por isso, antes de desistir da amamentação, procure um especialista para ver por quê não está funcionando e fazer o tratamento se for necessário.

Curta Nossa página no Facebook para ficar em dia com as informações e dicas de cuidado com os pequenos.

Dra. Fernanda Freire

*Publicado originalmente em 05/11/14.

Atualizações posteriores.

Comments are closed.

Não perca as novidades!