O que é Estomatite e como se pega?

Você sabe o que é estomatite? Uma doença que afeta principalmente os bebês e crianças pequenas.  Veja como se transmite, os sintomas, tratamento e complicações.

estomatite

Você sabe o que é estomatite? Esse assunto é doloroso. Texto que eu escrevi há algum tempo para o Mãe de Guri e compartilho agora com vocês aqui no site.

Seu filho está cheio de aftas na boca? Não come nada, está muito enjoado? Vou tentar te ajudar a entender melhor o que é estomatite e como aliviar o quadro.

Estomatite é aquela doença que afeta principalmente as crianças pequenas e causa várias aftas na boca da criança. Não é uma, nem duas ou três, são muitas mesmo, e impedem a criança de comer e, às vezes, até de tomar líquidos.

Qual a causa da estomatite? 

A estomatite é causada por vírus, como o herpes simples tipo 1 (HSV-1) ou o coxsackie. A doença é mais frequente em bebês e crianças pequenas. Normalmente após os 6 meses, e afeta mais as crianças entre 2 e 5 anos, que já frequentam a escola e tem maior chance de pegar o vírus.

Como se pega estomatite? Como se transmite? 

Como é um vírus, ele é transmitido de uma criança para outra através da saliva. Como criança coloca muito os brinquedos e as mãos na boca, a transmissão para o outro colega é fácil, principalmente nas escolas.

Quais são os sintomas da estomatite?

A doença se manifesta com lesões na boca, tipo aftas, normalmente são muitas e podem estar espalhada por toda a boca, acometendo a parte interna das bochechas, gengiva, céu-da-boca e até na garganta. Algumas crianças também podem apresentar lesões em outros locais, como mãos e pés.

Além das aftas a criança tem febre, fica irritada e não consegue comer, não tem apetite e nem quer comer pois as aftas doem muito. Até para tomar líquidos pode ser difícil.

Em casos mais raros o vírus pode afetar também os olhos, e esse quadro exige atenção imediata do médico.

Quanto tempo dura a estomatite?

Essa é a pergunta que toda mãe faz, porque para nós e para as crianças parece uma eternidade. Cada dia e cada hora pode ser muito sofrida. Infelizmente a doença demora um pouco para se resolver completamente, entre uma e duas semanas. Em algumas crianças pode se prolongar um pouco mais. A pior fase é a fase inicial, que dura entre 3 e 7 dias.

É uma doença grave?

Normalmente a doença não é grave e irá se resolver, mas pode haver casos em que a doença se complique, ou que criança tenha risco de ter desidratação pois ela tem dificuldade de tomar líquidos. Essas complicações sim podem ser graves e por isso o pediatra deve estar acompanhando a evolução do quadro.

Qual é o tratamento da estomatite?

Como a doença é provocada por vírus, não adianta dar antibióticos (reveja aqui). Mas caso seu médico note sinais de que pode haver infecção secundária das lesões por bactérias ele pode optar por prescrever algum antibiótico.

O tratamento é basicamente tentar aliviar o desconforto e a dor da criança. Para isso são usados analgésicos, e soluções para fazer a limpeza da boca. ATENÇÃO, nem todas as crianças podem usar essas soluções por riscos de efeitos colaterais. Portanto, só use os remédios que seu pediatra prescrever, e não siga orientações dos amigos que tiveram o mesmo problema.

Como aliviar o desconforto e dor das crianças?

Além dos remédios prescritos pelo seu pediatra, você deve estar sempre atenta à hidratação da criança. Ofereça bastante líquido. Dê preferencia para alimentos pastosos e frios, que não sejam ácidos e sem muito tempero. Eles incomodam menos na hora de comer. O alimento frio alivia um pouco a dor.

Infelizmente a criança comerá pouco durante a doença. Mas tomar líquidos é muito importante para evitar a desidratação. Se seu filho não está aceitando nem os líquidos retorne ao pediatra.

Outro minuto de sua ATENÇÃO, POR FAVOR: Se seu filho está doente e ainda apresenta as lesões, mesmo que não tenha mais febre, não o mande para a escola. Do mesmo jeito que você prefere que seu filho não fique doente, as outras mães também preferem.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não perca as novidades!