Como aliviar a dor do bebê nas vacinas e exames?

O que fazer para diminuir a dor do bebê na vacina ou quando vai fazer exames? Veja o que é recomendado até pela OMS. 

dorvacinaO bebê mal nasce e já recebe um monte de picadinha, vitamina K, vacina de hepatite e logo o teste do pezinho. Tudo nos primeiros dias de vida.

Se ele visse o vasto calendário de vacinação não iria querer da barriga da mamãe. Mas, pelo bem dos nossos bebês temos que enfrentar todas as agulhadas junto com eles. E o que fazer para aliviar a dor do bebê durante esses procedimentos, vacinas, teste do pezinho e exames de sangue se forem necessários?

1) Segure-o sempre no seu colo, dando conforto e mostrando que você está junto. Os bebês se sentem mais seguros assim. Com os bebês muito pequenos você pode até deixar ele diretamente em contato com sua pele, como no método canguru.

2) Fale com ele com um tom de voz calmo e tranquilo, transmitindo paz. Cante as músicas que você cantava para ele quando estava grávida, ele irá se lembrar.

3) Dar o peito durante ou pouco antes do procedimento acalma e relaxa o bebê, além de amenizar a dor, pois contém endorfinas que são analgésicos naturais. A OMS publicou um documento recomendando a prática. Clique aqui para ver um resumo do documento.

Para as crianças maiores o melhor é falar sempre a verdade. Dizer aonde vão e o que vai acontecer. Ser pego de surpresa é ruim, e a sensação de medo pode ficar guardada na memória e ele não irá colaborar da próxima vez. Sabendo antes ele pode tentar controlar o medo e com isso diminui a sensação do estímulo doloroso.

Ainda segundo a OMS, é recomendado que os menores de 3 anos fiquem nos braços da mãe/pai, e maiores de 3 anos podem ficar sentados no colo dos pais. Para os maiores de 6 anos, eles recomendam levar alguma coisa que distraia a atenção da crianças, para ela não ficar focada só na dor. Pode ser o brinquedo preferido, ou algum video, música que a criança adore. Já para os adolescentes nenhuma distração é eficaz para reduzir a dor.

Importante lembrar que algumas medidas não têm eficácia comprovada para reduzir a dor ou podem interferir com a eficácia da vacina e por isso não são recomendadas. Não é recomendado aquecer a vacina, fazer estimulação manual no local da injeção, dar analgésicos orais antes da vacina.

E você? O que faz para tentar reduzir o sofrimento do bebê nessas horas? Compartilhe com a gente.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Não perca as novidades!