Consultas de Rotina com o Pediatra

Você sabe quando deve levar seu filho ao Pediatra? Existe um calendário a ser seguido para as consultas de Rotina, que são importantes para o crescimento da criança.

consulta_Pediatrica_de_rotina300x300Já sabemos a importância das consultas pré-natais com o obstetra, a quantas consultas devemos ir e com quantos meses. Mas depois que nasce o bebê, virá uma correria e mãe se atrapalha na hora de agendar as consultas da criança. É importante fazer todas as consultas pois se existe alguma alteração, o diagnóstico e a intervenção precoces podem mudar o sucesso do tratamento.

Explicamos aqui quais são as consultas recomendadas, como você deve fazer e te damos dicas para não esquecer desse momento tão importante.

  • Pré-Natal: A consulta com o Pediatra antes do nascimento da criança é importante para criar um vínculo de confiança com o médico, detectar possíveis complicações que o bebê possa ter ao nascimento, tranquilizar a mãe sobre os procedimentos que serão feitos na sala de parto e prepará-la para a amamentação.

Não deixe muito para o final da gestação. Até o 8o mês é bom que você já conheça seu Pediatra. Você deve aproveitar para já agendar a primeira consulta depois do nascimento, já que você já sabe a data provável do parto. Muitas mãe ficam apavoradas ao ver que conseguem vaga de última hora para a 1a consulta, e isso pode atrapalhar toda a dinâmica da mãe com o filho. Quer saber sobre a consulta pré-natal com o Pediatra? Clique aqui.

  • Consulta neonatal: No nascimento o pediatra já estará com seu filho, fará uma avaliação física geral, aceitação do leite materno, peso e o acompanhará pelos primeiros 2 dias, no mínimo. Se tudo correr bem vocês terão alta juntos.
  • 1ª semana de vida: Pode parecer cedo, mas é uma das principais consultas do seu filho. Precisamos ver se ele está mamando bem, ganhando peso, se não apresenta icterícia (coloração amarelada da pele), e detectar qualquer outra alteração que possa aparecer.
  • De 1 a 6meses de idade: As consultas devem ser mensais, acompanharemos tanto o crescimento como o desenvolvimento da criança, além de orientar as vacinas, tirar as dúvidas dos problemas que podem surgir com a amamentação, e orientar como iremos introduzir os novos alimentos. Uma boa dica é marcar sempre próximo do dia do nascimento, assim você não esquece e aproveita para tirar as fotos para o álbum de cada mês.
  • De 6 a 12meses: Depois do 6° mês você pode descansar um pouco do seu pediatra se tudo estiver bem. Mas o 1° ano da criança é o mais importante para seu crescimento e desenvolvimento, então não podemos descuidar. A recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria é que, se for possível, siga com as consultas mensais. No sistema público pode ser que eles marquem um intervalo maior. As consultas serão a cada 2 meses, com 8 e 10 meses e depois com 1 ano já está na hora da consulta de novo. Marque a consulta de 1 ano uns 2 dias depois do aniversário, assim não te atrapalha na preparação da festa e você não corre o risco de esquecer.
  • De 1 a 4 anos: Ainda tem muita coisa para ficarmos atentos nesses primeiros anos de vida, eles são cruciais para o bom desenvolvimento da criança, e a alimentação também tem um papel fundamental. Mas as consultas já vão ficando mais espaçadas. Anote aí a idade correta para as consultas: 1 ano e 3 meses, 1 ano e meio, 2 anos, 2 anos e meio, 3 anos, 3 anos e meio e 4 anos.

É claro que nos intervalos você pode precisar agendar uma consulta de urgência por causa de febre, resfriado, ou qualquer outro motivo.

  • Entre 5 e 19anos: “A libertação”. Continuamos muito interessados pelo seu filho mas agora que ele está “quase formado” já podemos acompanhar um pouco mais de longe. As consultas nesse período devem ser no mínimo 1 vez por ano. Precisamos examiná-los, ver o crescimento, a puberdade, a alimentação, o estado nutricional, o desempenho escolar, as atividades físicas, verificar as vacinas, e além disso, detectar qualquer doença que possa ocorrer e fazer a prevenção de muitas delas como diabetes, obesidade, hipertensão e colesterol alto, que também podem atingir as crianças. A melhor dica é aquela de sempre marcar as consultas no mesmo mês do aniversário, assim você não corre o risco de “pular” um ano da consulta.

Um esqueminha fácil de seguir e que traz muitos benefícios para seu filho. Não deixe a coisa mais importante da sua vida de lado. A pesar do corre-corre da vida, a saúde deve estar sempre em primeiro lugar.

E você? Está visitando seu pediatra? Nos envie seu comentário e duas dificuldades, que te ajudaremos a soluciona-las.

Dra. Fernanda Freire

Já Curtiu Seu Pediatra? Compartilhe com uma Amiga:

 *Publicado em 30/03/2015 com revisões posteriores.

Não perca as novidades!