ATENÇÃO: Cuidado ao deixar o bebê dormir na Cadeirinha do Carro

Para quê serve o bebê conforto? Veja os perigos de usar a cadeirinha errado. Deixar o bebê dormir na cadeirinha é perigoso. Tenha cuidado e Fique de olho!

dormirnobebeconfortoA cadeirinha do carro, também chamada de bebê conforto, veio para salvar vidas, e milhões de vida são salvas diariamente graças à ela. Mas a cadeirinha foi feita essencialmente para o transporte do bebê no carro e seu uso fora dele pode trazer riscos ao bebê.

Muitas marcas tentaram facilitar a vida das mães, e permitem que a cadeirinha seja acoplada ao carrinho, para que não precisemos mudar o bebê da cadeirinha de transporte para o carrinho de passeio. Às vezes, mesmo sem carrinho, pegamos a cadeirinha e levamos para dentro de casa, para não ter que acordar o bebê. Mas ATENÇÃO: essas atitudes podem trazer riscos para o bebê, por isso é importante manter-se vigilante todo o tempo que o bebê estiver na cadeirinha.

O alerta já foi publicado algumas vezes no The Journal of Pediatrics, em jornais e revistas.

A asfixia postural acontece em bebês pois eles ainda não conseguem ficar sentados, seus músculos ainda não tem força para sustentar seu peso, quando ele fica mal posicionado na cadeirinha, seu próprio peso pode dificultar o peito e a barriga de fazerem a respiração. Se a cabeça do bebê vai para frente e o queixo fica encostado no pescoço, dificulta o fluxo do ar.

seguridad-de-los-bebes-en-el-cocheA figura acima mostra algumas recomendações em relação ao uso da cadeirinha.

A revista americana Pediatrics, publicou em 2001, um estudo que observou os bebês sentados na cadeirinha do carro por 60 minutos, e alguns bebês tiveram queda do oxigênio no sangue e pararam de respirar por algum tempo. Vários outros estudos já foram publicados nessa linha (Veja abaixo).

Esse outro estudo mais recente do The Journal of Pediatrics, 2015, analisou 47 mortes em menores de 2 anos, e 31 ocorreram na cadeirinha do carro. 52% das mortes foram causadas por estrangulamento no cinto de segurança da cadeirinha ou do bebê-conforto.

Por esse motivo o bebê deve dormir deitado e com a barriga para cima, que é a posição mais segura. O berço foi feito para dormir, e a cadeirinha do carro foi feita par usar no carro. O mesmo vale para outras cadeirinhas de balanço, que podem deixar o bebê nessa posição de risco.

Fora os riscos para a respiração, deixar o bebê no bebê conforto em cima de mesas, sofás, camas, pode trazer o risco de queda e trauma na cabeça. Normalmente os pais subestimam a capacidade da criança se mexer.

Durante as viagens, quando a cadeirinha vai de costas, o ideal é que algum adulto vá atrás observando a criança, e se não for possível utilize aqueles espelhos para que você possa ver o rosto do bebê durante o trajeto. Em viagens mais longas, é recomendado que façam uma parada a cada hora e meia pelo menos, para que o bebê possa ser trocado de posição de possa se movimentar.

Não se convenceu com os estudos? Que tal ouvir o que os pais que perderam seu bebê assim têm para dizer: “Não vale a pena que ele tenha 30 minutos mais de sono, ou que você tenha 30 minutos de silêncio. Não vale a pena se é tão perigoso”. Agora eles lutam para alertar outros pais para que isso não aconteça.

Cuidem-se e viagem com segurança, mas quando chegar no destino, já sabe: Se está dormindo, já pro berço.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Veja outros textos e estudos:

Pediactrics 2009: A comparison of respiratory patterns in healthy term infants placed in car safety seats and beds.

Journal of Pediatrics – Cribs Are for Sleeping, Car Seats Are for Traveling: Danger in Using Sitting and Carrying

Bebes y Mas – La asfixia postural o posicional: por qué los bebés no deberían dormir en las sillitas de coche

The Journal of Pediatrics, 2015 – Hazards Associated with Sitting and Carrying Devices for Children Two Years and Younger

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não perca as novidades!