Repouso na Gravidez – O que fazer para passar o tempo?

Veja 10 sugestões de atividades para acelerar o relógio se você está de repouso na gravidez. Tem muita ideia boa, compartilhe a sua também.

Crédito: moodboard / Gettyimages
Crédito: moodboard / Gettyimages

Você já viu aqui o que pode e o que não pode fazer durante o repouso na gestação. E definitivamente, repousar só é gostoso para quem não precisa disso. Para uma gestante, que  espera ansiosa para ver o rostinho do seu bebê, receber a notícia de que precisa fazer repouso porque o bebê corre risco é um “balde de água fria”.

Do dia para a noite, sua vida vira de cabeça para baixo. Você estava trabalhando, se exercitando, comprando as coisa do bebê, e de repente: BUM! Não pode nem sair de casa mais. Precisa arrumar alguém que te ajude, que faça tudo o que você fazia, cuidar da casa, compras, do outro filho ou do seu negócio proprio. Enquanto você fica ali, deitadinha na cama ou no sofá, rezando para que seu bebê fique bem e para que o tempo passe logo para ele crescer lá dentro até estar pronto para vir para os seus braços.

Quanto mais você deseja que o o relógio acelere para ter seu bebê são e salvo ao seu lado, mais devagar ele anda. Fazer repouso na gestação é entediante, você tem um mundo de coisas para fazer, para preparar a chegada do bebê, mas não pode sair da cama, ou sair de casa. Eu passei por isso, é tive a sorte de ter minha mãe ao meu lado, fazendo tudo o que só uma mãe faz por um filho.

Parodiando o nome do filme “O que esperar quando você está esperando”, criei o “O que fazer quando você está esperando”: uma lista de sugestões de atividades que podem ser feitas em repouso para dar um empurrãozinho no ponteiro do relógio. Lembre-se de seguir as orientações do seu obstetra em relação à posição e coisas que são ou não permitidas no seu caso.

O que fazer quando você está esperando:

1) DIY (Do it yourself): “Faça você mesmo”. Por maior que seja sua inabilidade com as manualidades (meu caso), é gratificante ver que você mesmo fez as lembrancinhas do bebê, ou os cartões de agradecimento, ou o enfeite da porta da maternidade, ou tricotando uma roupinha para ele. Se você não leva jeito pra coisa, melhor ainda, você perderá horas se esforçando para alcançar um resultado bonito e quando mesmo esperar já é hora do parto. E se você descobre que tem o DOM pra isso, pode até se animar e levar isso como profissão depois que o bebê nascer, vendendo suas artes e ideia pela internet.

2) Filmes e Seriados: lembra todas as comédias romanticas que você perdeu desde que se casou, porque seu marido se recusa a assistir esse tipo de filme? Então…é hora de colocar em dia e ver todas. Fuja dos dramas, filmes de terror e suspense, tristeza e medo devem passar longe do seu pensamento. Outra boa pedida são os filmes de animação (eu adoro), são divertidos, levam sempre uma mensagem positiva, e você já vai preparando seu espírito para às idas ao cinema com seu filho.

Existem milhões de seriados que podem te interessar, desde comédias, até fantasia. Novos ou antigos, vá experimentando um monte e quando gostar de algum, assista tudo o que já foi gravado.

Muitos sites oferecem esse tipo de serviço pela internet, fica fácil escolher.

3) Ouvir música: as vezes só ouvir a música, sem dançar, caminhar ou passar a roupa, pode parecer meio chato para as mulheres que são multitask (fazem várias coisas ao mesmo tempo). Mas lembre-se que a partir do 5º mês seu bebê está ouvindo junto com você, e você pode aproveitar para cantar pra ele também. Você não vai querer que ele fique agitado, né? Então prefira músicas mais calmas. A música favorece o desenvolvimento do bebê. Feche os olhos e curta a musica, imagine cenas, preste atenção na letra ou no ritmo, que sentido tem para você. Aproveite!

4) Colocar os livros em dia ou ler revistas: Um livro interessante pode te ocupar por horas ou dias. Romances, supenses, quando te envolvem você quer acabar de ler logo e não consegue parar. Os livros em série, trilogias ou coleções também são ótimas opções.

Revistas ocupam pouco tempo mas distraem, mudam bastante de assunto, fotos que geram ideias para o quarto do bebê ou lembrancinhas, tudo vale a pena.

5) Escrever ou Criar um Blog: Se você não é muito adepta da tecnologia, pode parecer difícil, mas hoje em dia os Professores Google e Youtube ensinam tudo: digita lá “como fazer um blog”, que em 5 minutos você tem um pronto. Se você não quer publicar seus textos, escreva um diário só para você mesmo, ou escreva cartas e e-mails para amigos. Pegue aquela lista de amigos que se formou com você, e tente entrar em contato, sempre tem história boa para relembrar.

6) Cursos Virtuais: Gratuitos ou não, sobre sua profissão, ou sobre maternidade. Os cursos virtuais BOMBAM na rede, outro dia mesmo dei uma aula em um Curso Virtual para Gestantes. É só procurar no google o assunto que te interessa que vai aparecer um monte. Para assuntos profissionais e acadêmicos, eu adoro o Coursera. Universidades do mundo todo dão aulas gratuitas, Michigan, Yale, Stanford tudo de graça e sem sair de casa.

Se você tem interesse em alguma Universidade em particular, entre no site da faculdade e procure os cursos. Geralmente todas tem algum curso on-line, pagos ou não. As universidades brasileiras também participam. Imagina ter seu filho e uma pós-graduação no Currículo?

7) Origami: A milenar arte oriental exige dedicação, concentração e paciência, mas os resultados são lindos. Você vai se animar em comprar papéis coloridos, estampados, existem papéis próprios também. Dá pra fazer móbiles e muita coisa de decoração para o quarto do bebê. Eu Adorei! Quem quiser mando umas idéias.

8) Scrapbooking ou apenas organizar suas fotos antigas, que você nunca encontrava tempo para revelar ou colocar em ordem. Fazer um Scarpbook virtual ou manual gasta tempo (tudo o que você precisa), e direciona seu pensamento para coisas boas. Os resultados são ótimos.

9) Meditar: Esse assunto eu domino pouco, mas a meditação exige concentração, paciência e disciplina. Eu acho que precisa um certo DOM também, mas dizem que qualquer um pode fazer. Com certeza o Prof. Google te ajuda, e quem sabe você não se descobre nessa área.

10) Dormir: Isso é o que mais você vai fazer, e vai aproveitar para descansar enquanto seu bebê está quietinho na barriga, porque depois que ele estiver aqui fora, as suas horas de sono serão poucas (eu diria MINUTOS). Durma de dia, de tarde, de noite, sem culpa. Ler dá um Sooooono…

Espero ter ajudado, só de ler o post o relógio já deve ter dado umas 3 voltas. Se quiser compartilhe os resultados das suas atividades aqui ou no nosso Facebook, tire foto do que fez, escreve que livro você gostou, dê suas sugestões de “o que fazer” para outras futuras mães que estão na mesma situação. E curta nossa página do Facebook para acompanhar todas as novidades sobre você e seu bebê.

Bom Repouso,

Dra. Fernanda Freire

Publicado originalmente em 26/10/14.

Comments are closed.

Não perca as novidades!