Como evitar o parto prematuro?

Dá pra evitar que o bebê nasça antes do tempo? O que você pode fazer para prevenir o parto prematuro. Veja 10 passos pra evitar que ele chegue antes do tempo.

evitarpartoprematuroEsse post foi um texto que fiz para o Mãe de Guri há algum tempo, e resolvi colocar aqui para vocês compartilharem com quem está grávida.

Quando estamos grávida não vemos a hora de ter nosso bebê nas mãos, mas nenhuma mãe quer que seu filho venha antes do esperado. Queremos que ele esteja “pronto”, maduro e “gordinho”. Cerca de 10% dos bebês são “apressadinhos” e chegam antes. É possível evitar que ele se adiante?

Um bebê é considerado prematuro quando nasce antes de 37 semanas de gestação. Aqueles que nascem alguns dias antes podem nascer ótimos e não ter nenhum problema. Mas quanto mais novinho é o bebê, mais riscos ele pode correr, e precisar da nossa ajuda.

As causas nem sempre são conhecidas, e se dependesse apenas das mães nenhum bebê seria prematuro, porque fazemos tudo por eles. Mas existem algumas recomendações que você pode seguir para evitar o parto prematuro.

  • A chave de ouro para evitar um parto prematuro é um pré-natal bem feito. Escolha um médico que você confie, compareça em todas as consultas e siga todas as suas orientações. Se você planejou a gestação e começou a tomar as vitaminas que o obstetra prescreveu antes mesmo de engravidar, melhor ainda.
  • JAMAIS fume ou beba álcool durante a gestação, ou mesmo quando estiver tentando engravidar. Na verdade quem fuma, deve aproveitar para largar de vez o vício pois mesmo depois que o bebê pode prejudica-lo e sempre prejudica a mãe.
  • Coma de maneira saudável, dê preferência para alimentos mais nutritivos. Você pode comer tudo o que tiver “desejo” mas não precisa exagerar. Fique de olho no peso para ganhar em excesso, acima do recomendado. Não coma alimentos crus ou mal cozidos, que possam ter risco de causar infecções.
  • Beba bastante líquido, para evitar a desidratação. Principalmente nesse calor. A desidratação pode “provocar” contrações.
  • Faça xixi sempre que tiver vontade. E realize a higiene da maneira correta. Ficar segurando pode facilitar a infecção de urina, que aumenta o risco de parto prematuro.
  • Realize alguma atividade física, mas apenas se seu obstetra permitir. Algumas mulheres precisam fazer repouso.
  • Evite esforços desnecessários, como carregar muito peso quando vai fazer compras. Leve um carrinho, ou peça ajuda. Na hora de montar o quarto do bebê, não fique carregando os móveis. Deixe o pai participar, e quando forem entregar os móveis peça para já montar no lugar planejado.
  • Tente reduzir o estresse e o ritmo do trabalho. Não fique estressada com a organização do chá de bebê, da decoração, lembrancinhas. Nesse momento o que mais importa é você e o bebê. Faça tudo com tranquilidade e alegria.
  • Não use remédios sem a autorização do seu obstetra. É perigoso se auto-medicar, principalmente na gestação. Mesmo os remédios naturais podem prejudicar seu bebê. Converse com seu médico.
  • Procure seu médico imediatamente se tiver dor, sangramento, secreção ou perda de líquido vaginal. Algumas contrações são normais no final da gestação, mas devem ser poucas e não devem doer. Qualquer dúvida ligue para seu médico, não tenha vergonha de perguntar. Às vezes o bebê pode “querer” chegar antes do tempo mas o médico pode usar medicações para tentar evitar o trabalho de parto prematuro. Além disso, se houver risco ele pode dar um remédio para ajudar a amadurecer o pulmão do bebê, e tentar evitar complicações ao nascimento.

Infelizmente não depende só da mãe ou do médico, que o bebê espere a hora certa para nascer. Mas, felizmente, a medicina neonatal avançou muito e os cuidados com os prematuros alcançam muito sucesso.

Curta a gestação ao máximo, e preocupe-se só com o que importa, vocês.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não perca as novidades!