Qual a idade certa para tirar a Fralda? – O Desfralde

Seu Bebê está pronto para deixar as fraldas? Quais os sinais de que ele está preparado para tirar a fralda? Qual o risco de tentar antecipar o desfralde?

fazexixiO tema mais votado da semana passada foi relacionado ao Desfralde. Uns perguntando a idade certa para o desfralde, outro como desfraldar, e os problemas que podem ser enfrentados ao desfraldar. Então decidi fazer mais de um post sobre o assunto, e hoje começamos por “Qual a idade certa para tirar a fralda?”.

Qual a idade certa para tirar as fraldas? Qual a idade ideal para desfraldar?

Assim como os marcos do desenvolvimento, existe uma faixa de normalidade muito grande para o desfralde. Uns bebês saem das fraldas a partir dos 18 meses, enquanto outros podem chegar aos 3 anos ainda usando fralda, vão retirar mais próximo dos 4 anos. Isso é comum.

Normalmente não vamos pensar em tirar a fralda antes dos 2 anos, a menos que a criança dê sinais claros que está preparada. 

A partir dos 2 anos é que vamos começar a conversar sobre esse assunto.

Como saber se a criança está pronta para tirar a fralda?

A retirada das fraldas envolve várias áreas do desenvolvimento. O controle dos esfíncteres é apenas um passo, mas ele depende de outras coisas também:

- Desenvolvimento motor: O bebê anda bem? Consegue te ajudar para abaixar a calça e se vestir?

- Desenvolvimento da linguagem: O bebê já consegue expressar o que quer? Sabe falar que quer fazer xixi? Ele entende tudo o que fala? Faz o que você pede?

- Conhecimento do ambiente: Ele já sabe onde fica o banheiro? Para quê serve?

- Concentração: Ele consegue ficar sentidinho por alguns minutinhos? Tem criança que adora sentar no piniquinho, mas levanta em seguida, não consegue esperar um pouquinho.

- Sensibilidade: Ele começa a se queixar que está molhado, que a fralda está suja? Ele já “anuncia” que vai fazer xixi? Quando a criança começa a avisar que vai fazer xixi, ou perguntar se pode é porque já está controlando os esfíncteres. Normalmente, ele faz bastante xixi de uma vez só, e fica períodos mais longos com a fralda seca.

Com isso a própria criança vai te indicando que está chegando a hora de começar o processo do desfralde.  A dica de ouro para ter sucesso no desfralde, sem traumas, é iniciar no momento certo.

Dá para antecipar a retirada da fralda? Quais os problemas que isso pode causar?

Às vezes, em algumas situações podem ter mães que se sintam pressionadas a antecipar o desfralde. Ou por opinião dos familiares, ou por questões da escola, isso pode acontecer. O melhor a fazer é NÃO ouvir a opinião de quem conhece pouco seu filho e acreditar nos seus sentimentos. Inicie o desfralde quando você achar que ele está preparado. E lembre-se que esse não é um “caminho sem volta”. Se no processo do desfralde você perceber que ele não está pronto, retorne as fraldas sem fazer “alarmes”, sem criticar, sem comentar, sem dar importância ao assunto e tente novamente mais pra frente.

Antecipar o desfralde é possível, existem diversos “treinamentos” para a criança retirar a fralda. Mas pode trazer consequências para a auto-estima da criança, influenciar negativamente em sua personalidade, e causar problemas, principalmente de constipação no futuro.

O desfralde deve ser um processo natural, que respeite a fisiologia da criança e respeite também seu estado psicológico. Em algumas situações é melhor você adiar a retirada das fraldas do que tentar antecipar. A entrada na escola, mudanças, chegada de irmãozinho, essas coisas podem fazer com que a criança não se sinta segura para retirar a fralda nesse momento.

A retirada das fraldas deve ser feita com muita paciência e tranquilidade. Sem pressionar a criança.

Esse vídeo da Sociedade Brasileira de Pediatria também fala desse assunto, bem rapidinho (3 minutos). Dá uma olhada:

Agora que você sabe quando começar o processo do desfralde, no próximo post vou falar sobre: Como fazer o desfralde? Penico ou Redutor do assento? O que é melhor para o desfralde? Veja aqui também algumas dicas de livros infantis para conversar com as crianças sobre o assunto.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não perca as novidades!