Posso amamentar deitada?

Mamar deitado causa infeção de ouvido: Verdade ou MENTIRA? Veja a diferença entre mamar deitado no peito e na mamadeira e os riscos para o bebê. 

Quero pedir para que você leia até o final, porque tenho uma ressalva a fazer nesse assunto.

Todo mundo te contou que amamentar não seria fácil. Mas você, como uma heroína, se esforçou e encontrou que mudar a posição na hora de amamentar poderia te ajudar. Uma das posições que você mais gostava era amamentar deitada, até que chega alguém e diz que “não pode” porque causa otite (infeção no ouvido). Afinal, pode ou não pode amamentar deitada?

Para desfazer essa confusão e tirar a pulga de traz de sua orelha, permitindo que você amamente sossegada vou esclarecer esse assunto.

Criança que mama deitada tem maior risco infecção de ouvido?

Sim. Aqui está a fonte da confusão. Muita gente confunde “dar mama deitado” (dar a mamadeira) com amamentar deitada (mamar no peito).

O maior risco de infecção do ouvido acontece com as crianças que mamam MAMADEIRA deitada. Nesse caso, a posição realmente não é recomendada. Ainda que você retire o leite do peito, se for dar usando a mamadeira, a criança não deve estar deitada.

E por que isso acontece?

Existe um canal que liga a região nasal e oral ao ouvido, é a tuba auditiva (antiga trompa de Eustáquio). Essa tuba tem a função de igualar a pressão nos ouvidos, com a pressão do ambiente. Para que você não fique com aquela sensação de “ouvido tapado” que acontece quando viaja de avião.

Mamar a mamadeira deitado favorece o acúmulo de leite nessa região e a abertura da tuba auditiva pelo gradiente de pressão, facilitando o acúmulo de líquidos e a entrada das bactérias no ouvido.

E qual é a diferença se a criança mama no peito?

Antes de tudo, você conhece o fator protetor do leite materno. O leite materno tem anticorpos que protegem as mucosas evitando que a bactéria entre no nosso organismo. Tanto a cavidade oral, nasal, quanto a própria tuba auditiva estão revestidas pela mucosa, e isso facilita sua proteção.

Vários estudos comprovam que o leite materno reduz o risco de infeção de ouvido.

Mas o leite materno não o único benefício do aleitamento materno. Para ganhar o leite o bebê tem que “fazer força”, precisa sugar forte, não é como a mamadeira onde o leite jorra por gravidade ou após leve sucção do bebê. Por mais que tentem adaptar as mamadeiras, nenhuma se assemelha ao seio materno.

Os fatores físicos que diferenciam o aleitamento materno da mamadeira e evitam que o fato de amamentar deitada provoque otite são:

  • O movimento de sucção faz com a mandíbula se projete pra frente, essa posição favorece o desenvolvimento da articulação da mandíbula e da formação do canal auditivo.
  • O gradiente de pressão provocado pela sucção e deglutição do seio materno é diferente do da mamadeira. Quando faz mais força para sugar, é mais difícil que a tuba permita a passagem do líquido para o ouvido.
  • O padrão da respiração do bebê que mama no peito é mais fisiológico, dificultando que ocorra esse acúmulo que predispõe à infecção.

Posso ficar tranquila e amamentar deitada?

Você pode amamentar deitada desde que seu bebê não tenha nenhum problema e seu pediatra oriente que está tudo bem. Em alguns casos, quando o bebê já teve muitas infecções de ouvido por outros motivos ou tem uma disfunção da tuba auditiva, o pediatra pode preferir que você evite essa posição. Siga a recomendação dele.

Eu só gostaria de fazer uma ressalva e chamar sua atenção para um ponto: A segurança do bebê.

Eu também já amamentei e sei como cansa, nos primeiros meses quase não conseguimos dormir porque toda hora o bebê acorda para mamar. O cansaço físico e a falta de sono, faz com que cochilemos muito fácil, e às vezes até dormimos sentada. Por isso muito cuidado quando for amamentar deitada para não cochilar, pois a segurança do bebê está em jogo, e acidentes podem ocorrer pois ele ainda não consegue se defender quando é pequeno. Então use essa posição quando você não estiver com sono, ou quando tiver outra pessoa junto com você, e evite amamentar deitada durante a madrugada, para não correr riscos. Se estiver muito cansada, acorda o parceiro para ficar vigiando. Afinal, pai tem que participar sempre, até quando o assunto é amamentação.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Não perca as novidades!